INFORMAÇÕES ADICIONAIS
 
  • Malte, extrato de malte e xarope de malte são subprodutos da cevada, e por isto não devem ser consumidos.
  • A soja é permitida na dieta do paciente celíaco, mas deve-se prestar atenção nas composições dos ingredientes, para não haver confusão. Se o produto contiver “extrato de soja”, “isolado protéico de soja”, ou “proteína de soja texturizada”, pode ser utilizado. Mas se houver “proteína vegetal texturizada ou hidrolizada”, não pode ser consumido pois pode conter vegetais como o trigo, a cevada, o centeio ou a aveia em sua composição.
  • O mesmo se aplica para o caso do amido ou amido modificado, quando não especifica o tipo de amido pois pode ser de trigo. Cabe aí uma consulta ao fabricante para saber detalhes sobre o amido. Naturalmente se for amido de milho, ou de batata, ou de mandioca, etc. poderá ser consumido.
  • A maltodextrina, a dextrose, a glicose ou glucose, o gergelim, a glutamina ou glutamato podem ser consumidos naturalmente pelos celíacos, por não haver nenhuma relação entre eles e o malte e/ou glúten.
  • Sempre que for comprar qualquer produto industrializado, verifique com muita atenção no rótulo, a relação dos ingredientes, pois estes podem ser alterados pelas indústrias, de acordo com sua necessidade e sem aviso prévio.
Entre em contato com o fabricante, através do atendimento ao consumidor (telefone impresso no rótulo), para solicitar detalhes sobre os ingredientes do produto adquirido e lista de produtos sem glúten que podem ser consumidos. Tenha, sempre à mão, essas listas e, se tiver dúvida, carregue-as para o supermercado.

 

 
Voltar